[.j. | 2005]

O meu "amigo" finlandes, Kalle, no momento em que acabava de me dizer que eu nao devia ter tirado as luvas para fotografar, porque me arriscava a perder a sensibilidade nos dedos (o que efectivamente nao tardou a acontecer!). Estavam -27graus, eu e ele passeavamos (o passeio mais rapido da minha vida, cerca de 10 minutos) no parque ao lado de casa. Eu teimava que nao existiam lagos gelados ali perto, ele dizia apenas (no bom estilo finlandes) que sim.

posted by .j. @ 11:54 da tarde, ,



[.j. | 2005]

Palco e bancos de plateia ao ar livre,
perto de casa, num dia muito frio, em Fevereiro.

posted by .j. @ 4:03 da tarde, ,




The Good Old Days, Eels

Nos ultimos dias tenho pensado sistematicamente nos sitios onde estive (e, infelizmente, ja nao estou) e nas pessoas que conheci (e que, irremediavelmente, perdi). Posto isto, fiquei com vontade de organizar um album virtual com algumas memorias fotograficas. Todas as imagens foram capturadas com maquina digital, por isso e por muita culpa da fotografa (eu) nao sao propriamente boas fotos, mas apesar disso nao consigo deixar de nutrir bastante simpatia e prazer por aquilo que elas despertam em mim. Como nao podia deixar de ser, começo aqui e agora por Tampere, na Finlandia.

posted by .j. @ 3:55 da tarde, ,




untitled


http://hakanphotography.com/

posted by Bruno @ 11:12 da manhã, ,




Ha uns dias...


[video da Mines]

Por causa do maravilhoso céu que viste ontem lembrei-me deste video, que captou um momento que também só poderia ter acontecido na ribeira do Porto :)

posted by .j. @ 3:34 da tarde, ,




ontem...


...ia a passar pela Lapa e reparei no céu. Estava incrível. Inacreditável. Fui a correr pegar numa câmara e voltei para filmar. As pessoas que passavam por ali nao pareceram ligar muito. Só um miúdo que passava com a mae é que ainda disse "mae, olha o céu" mas ela continuou.

posted by Ricardo Fortunato @ 12:25 da tarde, ,




DR9



Muito estranho. Muito mesmo. Mesmo.

posted by .j. @ 10:06 da tarde, ,




post para alguém afecto ao blogue que celebra hoje qualquer coisa...





Lali Puna, "micronomic (boom bip)"

posted by Ricardo Fortunato @ 3:56 da tarde, ,




Andrew Bird, "Sovay"

posted by Ricardo Fortunato @ 6:55 da tarde, ,




Mais um album divino...



...que ja ca canta!

posted by .j. @ 2:53 da manhã, ,




on the radio oh oh



[o estranho mundo de Regina Specktor]

posted by .j. @ 11:50 da tarde, ,


Hoje, como nao tinha nada para fazer (viva!), decidi dar uma voltinha pelos anuncios de emprego e encontrei o seguinte «perfil desejado»:

Facilidade de relacionamento interpessoal. Leitor assíduo de Jornais e de bons livros. Bom viajante e paixao pelas artes.


So fiquei desiludida ao reparar que eram requisitos exigidos para arquitectos.

posted by .j. @ 6:33 da tarde, ,




(He)Art Basel 2006


Basileia

posted by .j. @ 1:32 da tarde, ,




Gira(s)sois:


[.j.]

28 dias, 29 livros.

posted by .j. @ 12:34 da tarde, ,



[o regresso]

posted by .j. @ 12:40 da tarde, ,




SMS:

Fortunato, és o meu HEROI!!!

posted by .j. @ 12:51 da manhã, ,




Homesick


[.j. | 2005]

[Kings of Convenience, Homesick]

posted by .j. @ 2:52 da tarde, ,




A Ultima Entrevista ao Assassino

Depois da poesia, a morte aproximou-se carregada no tambor de um revolver, a luzir nos olhos de um assassino a soldo.
O ultimo desejo foi, como sempre, o do conhecimento. Que desejas saber?, perguntou, a sangue frio, o assassino.
Qual a dimensao de um disparo?
O suficiente para se morrer.
Se mais preciso.
39 mm, o calibre do meu revolver.
E quanto tempo se leva a morrer?
60”, o tempo da tua vida te passar em frente dos olhos e recordares tudo o que viveste antes da cortina se fechar.
Quando se e um agente duplo, quem nos julga?
O tribunal da tua consciencia. Tu em ultima instancia.
Mas poderemos ser o juiz de nos mesmos?
Poderemos ser o pior juiz de nos mesmos!

Pum!

E aquele foi o ultimo disparo da guerra de 39.

posted by Bruno @ 12:42 da tarde, ,


Erlend ?ye, "Sheltered Life"


.joana.
gostei imenso do filme... obrigado

e fica atenta ? tua caixa de correio :)

posted by Ricardo Fortunato @ 10:56 da tarde, ,




(re)encaminhamento do coraçao:


[xxx]

posted by .j. @ 12:43 da manhã, ,




Breve nota sobre o sabado:

Nao é todos os dias que um poeta nos oferece um poema escrito a mao numa folha de papel dobrada em quatro. É uma vantagem para quem trabalha na Feira do Livro.

posted by .j. @ 1:02 da manhã, ,




Bom Dia



Good Morning, 1995, Birds Painting Series, Zen Chinese Paintings, Yueh-Mei Chang

Certos dias Lisboa acorda como este quadro.

posted by .j. @ 10:58 da manhã, ,




As maravilhosas obras de June Yuan Yun



‘Daisy’ depicts a female figure enclosed in a black box with her hands clasped behind her back, an image of imprisonment and powerlessness that contrasts starkly with the beautiful daisies and leaves that adorn the canvas.

posted by .j. @ 11:58 da manhã, ,




IN YOUR DREAMS

Stubble Boy

posted by .j. @ 12:03 da manhã, ,